*Ao Contrário*




Michael Mann told me that people experience movies *backward*, as they leave the theater; the climax/ending is really the beginning. (via @GreatDismal)

Michael Mann me disse que as pessoas experimentam os filmes *ao contrário*, ao sair do cinema; o clímax/fim é realmente o começo. (via @GreatDismal)


Wow! Great Dismal = William Gibson, um dos meus escritores prediletos. Lendo esse tweet me lembrei que um dos objetivos do meu "disco novo" é esse, fazer com que a experiência comece depois do final.

Considerações

1. Pouca gente tem 'drive' e paciência para ouvir um disco de Rap do começo ao fim, como eu (ainda) faço quando Illmatic, Midnight Maurauders ou Word…Life saem da gaveta para passear;

2. Minhas produções (e rimas) não tem apelo popular, ou ao menos é o que dizem;

3. Boto fé no que diz Maggie Jackson sobre a erosão da atenção, então não acredito que o que faço seja tarefa principal na lista de processos de alguém;

4. A experiência auditiva, em tempos de mp3 players e streaming devices, aparenta estar abaixo das tardes ouvindo vinis de Jazz e Rock Progressivo na casa de uma amiga. Fica difícil distinguir saudosismo de bloqueio tecnológico;

5. Uma vez que a música está 'pronta', ninguém a controla totalmente. Nem autor, nem editora, nem selo, nem website… A MÚSICA TEM VIDA PRÓPRIA;

6. Detesto ser comparado à outros rappers. O ato se assemelha à tentativa de colocar todo e qualquer rimador numa única caixa. Isso não é exclusividade do gênero, mas me irrita, por acreditar que cabe ao público entender as nuances do trabalho de cada um;

7. Uso o scrobbler do Last.fm, mas não gosto da lista automática que o sistema gera com artistas 'semelhantes'. Apontar semelhanças entre artistas informalmente, tudo bem. Deixar um computador tomar essa decisão por mim, baseando-se numa série de tags, sei lá, não é humano. I'm not a gadget. É claro que os sistemas evoluirão, mas a decisão humana é muito complexa (e completa). Delegar essa função à um computador é errado;

8. Você pode discordar de tudo que acabo de escrever, mas os links espalhados pelo texto não somente ajudam a entender meu processo artístico, como abrem a mente para outras possibilidades de interpretação da arte;

9. Poderia continuar, mas tenho uma reunião e estúdio mais tarde. Gone.

2 comments:

457FM said...

Continue na voltaa !!

Muito Respeito a vc !

Salve aqui do sul !

Christiano said...

Concordo com tudo o que foi escrito. Minha expectativa em cima do novo disco só cresce cada vez mais.

Midnight Marauders precisa ser ouvido de cabo à rabo pelo menos 1 vez ao mes. Abraço.